domingo, 27 de outubro de 2013

FACULDADE GUARAPUAVA III SEPEX - SEMINÁRIO DE PESQUISA, INICIAÇÃO CIENTÍFICA E EXTENSÃO SOBRE DESENVOLVIMENTO REGIONAL - CIDADE E CIDADANIA 21 a 25 de outubro

ESTUDOS ÉTNICO-SOCIAIS SOBRE A CONSTRUÇÃO DE UMA PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA ATENDER A DIVERSIDADE DAS COMUNIDADES CIGANAS NA EDUCAÇÃO BÁSICA DO PARANÁ: Aspectos discutidos no I Seminário de Educação Escolar Cigana.
                                                                                                Autora:
Gilce Francisca Primak Niquetti

Ciências Sociais - Faculdade Guarapuava

Orientador (a): Prof.ª Ms. Cerize Nascimento Gomes


PALAVRAS-CHAVE: Romani, políticas, educação escolar.

1- Introdução

 Atualmente,no Brasil, as associações de povos Romani ,romani ( a palavra romani deriva do rom, que significa o homem cigano) (SILVER, in, LELAND, 1962. ), os assim chamados ciganos,  reivindicam direitos enquanto cidadão brasileiros, como forma de proteger e promover a identidade dos povos Romani que ainda enfrentam vários problemas para atendimento na educação básica no Paraná. O presente trabalho descreve as propostas pedagógicas e políticas educacionais   apresentadas e discutidas por representantes da Associação Internacional Maylê Sara  Kaly ( AMSK) de Brásilia e por Cláudio Iovanovitch da Associação de Preservação da Cultura Cigana ( APRECI) professores, pedagogos da rede estadual e representantes do Ministério da Educação, Ministério Público, Conselho Tutelar e Secretário da Educação e Vice governador Flávio Arns e departamentos da Secretária Estadual da Educação do Paraná (SEED), CERDE e DEDI através de palestras e oficinas no I Seminário Estadual de Educação Escolar Cigana  em setembro do corrente ano. Assim , esse evento aprimorou o debate de politicas públicas e expor a necessidade de implementação de uma proposta pedagógica para atender  a criança  adolescentes , jovens e adultos que atenda a  etnia Romani na Educação Básica.
     Com este estudo pretende-se e valorizar elementos da cultura  e reconhecer a diversidade das comunidades Romani itinerantes ou não e a vulnerabilidade social em que se encontram para discutir políticas públicas e promover  o atendimento educacional para as crianças, adolescentes, jovens e adultos das comunidades Romani na Educação Básica.

O    problema     educacional     cigano    não   está   resolvido    apenas     com    a  matrícula    das crianças     ciganas    em   escolas    públicas    ou  particulares,    ou  seja,   não   está  resolvido garantindo-se   aos   ciganos   somente   o   direito   à   educação,   embora   isto   já   seja   uma grande   conquista.   Para   garantir   o   direito   a   uma   educação   cigana,   inúmeros   outros problemas terão de ser discutidos e, na medida do possível, resolvidos. E para isto será necessária      a  colaboração     de   todos   os   interessados     e  entendidos     na   problemática cigana, e principalmente dos ciganos, que deverão ser os protagonistas do seu próprio destino(MOONEM,2011)


Se o caminho é longo não se deve andar sozinho.AMSK
Prof.ª Pedagoga Gilce Primak Niquetti

2 comentários:

  1. Parabéns Professora Gilse! Você uma guerreira a buscar conosco, as possibilidades de uma educação cigana que atenda as reais necessidades e respeitem sua origem, sua história e sua cultura. O evento foi uma energia só o tempo todo. Obrigada por colaborar. Abraços. Professora Lili Peron (Diretora da Diversidade SEED PR). em ESTUDOS - ÉTNICOS SOBRE A CONSTRUÇÃO DE UMA PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA ATENDER A DIVERSIDADE DAS COMUNIDADES CIGANAS NA EDUCAÇÃO BÁSICA DO PARANÁ.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. Professora Lili Peron, foi gratificante ser convidada para participar do I Seminário Estadual de Educação Escolar Cigana e contribuir para que as políticas educacionais para os povos Romani sejam efetivados na Educação Básica do Paraná e a oportunidade de conhecer o representante da APRECI Cláudio Ivanovith e família bem como a Presidente da AMSK Elisa Costa,Márcia Vasconcelos de Souza e Lucimara Cavalcante. Parabéns aos organizadores do DEDI em especial a você professora e ao Kenneth Dias.

      Excluir

A todos os blogueiros que respeitam a diversidade étnica e cultural...E querem
falar sobre preconceito,discriminação e racismo sofridos pelo Povo Romani, Os assim chamados ciganos.Bem vindos ao blog Cultura Cigana